Publicidade
ENQUETE
Dos pré-candidatos a presidente abaixo, sua tendência hoje seria votar em:
Publicidade

Sponholz
Protesto com prejuízo

Quando a ditadura fechou o Congresso, em 1966, determinou que os parlamentares se identificassem para entrar no prédio. O conservador Amaral Neto (RJ) se revoltou e, numa cena teatral, rasgou a carteirinha de deputado, diante do diretor da Câmara, Luciano Brandão, encarregado de identificar os deputados. Logo depois ele se lembrou que precisava do documento para viajar de graça (na época era assim) de avião.

- Providencie a segunda via, preciso viajar ao Rio - pediu a Brandão, baixinho.
E passou o resto da vida citando o gesto como sinal de sua “resistência”.


Publicidade
 
Busca
Redes sociais
@diariodopoder
© 1998 - 2017 - Todos os direitos reservados